Back to top

NOTÍCIAS

Biomimética: tendência nº 1 nos negócios

A genialidade da natureza, com soluções inovadoras e sustentáveis para a sua realidade, tem sido observada e analisada por especialistas. Os resultados têm inspirado novas tecnologias, que podem ser aplicadas nas empresas, nos produtos, em processos e sistemas, tornando-os mais sustentáveis e regenerativos. Este conceito nos remete a Biomimética “uma das cinco tendências de tecnologia, que podem conduzir a empresa para o sucesso”, segundo a Forbes Magazine.
           
O tema Biomimética foi abordado com muita propriedade pela engenheira de Produção Mecânica, Giane Brocco, no dia 14 de agosto, às 17h30min, na sede do SINDIMETAL RS, numa promoção do grupo Desenvolvimento de Lideranças (DL 2), extensivo aos demais comitês e grupos. Especialista em Biomimética, mestre em Engenharia de Produção e Sistemas, Giane Brocco é fundadora do Biomimicry Brasil, estando entre as 100 primeiras pessoas no mundo a se certificar Especialista em Biomimética, além de atuar como diretora executiva da Mercobor. 
          
A beleza, a força, a inteligência e o poder da natureza movem os seus projetos desenvolvidos na área da Biomimética. Entre eles estão um novo processo sustentável de injeção a frio, com luz UV; Indicadores Ambientais Industriais, baseados nas Sequoias e um labirinto sensorial, com base nos ‘super sentidos’ dos animais. “Um mundo sustentável já existe”, comenta Giane, “nós temos que acessar essa sabedoria; o conhecimento; as receitas químicas; as estratégias dos organismos, e até mesmo os seus propósitos, utilizando com sucesso a natureza, permitindo que a vida e os negócios prosperem”.

        
NATUREZA SÁBIA - “Você já pensou em realizar um benchmarking (processo empresarial que visa identificar as melhores práticas do mercado), com 3,8 milhões de anos de experiência para encontrar soluções lucrativas, sustentáveis e inovadoras?”, questionou a palestrante. “A natureza pensou nisso primeiro”. É verdade. Traduzir e aplicar os “ensinamentos” que podem ser observados, através da natureza, em soluções inovadoras e sustentáveis para a nossa realidade pode ser um desafio fantástico. 
       
“A teia de aranha”, exemplifica Giane, “é cinco vezes mais forte do que o aço, duas vezes mais elástica do que o nylon, é resistente a água e é vista por pássaros com muita facilidade, devido a sua visão apurada. Pois já existem empresas utilizando tecnologia a partir do estudo da visão dos pássaros para aplicar nos vidros dos prédios, evitando assim que os mesmos esbarrem nos arranha céus, quebrem os vidros e, consequentemente, morram. ”A natureza pode ensinar lições poderosas sobre como as coisas devem ser construídas se são feitas para durar”, afirmou Janine Benyus, para Revista TIME.
         
Outro ganho é a transdisciplinaridade, pois estes estudos perpassam todas as áreas para a construção de ideias e novos projetos, envolvendo especialistas de diferentes segmentos, que a partir do seu conhecimento podem contribuir de forma intensa, trazendo resultados mais eficazes.
        
Novas soluções exigem novas formas de pensamento. Quando formos pedir um conselho, Giane reforça que devemos lembrar que a natureza pensou nisso primeiro.“Temos que ser percussores em tecnologia, quebrar paradigmas. O mundo está multidisciplinar e linear, é necessário adequar a forma de pensar”, justifica. A Biomimética chegou como a tendência número um nos negócios em 2017. “Precisamos entender qual o propósito da nossa empresa e nos reconectarmos com a natureza, olharmos com mais detalhamento, pois o planeta é um imenso laboratório”, salienta a especialista, que na ocasião apresentou, também,  vários cases de sucesso sobre o assunto.


         
Neusa Medeiros
Jornalista - Reg. Profissional nº 5.062
Assessora de Imprensa do SINDIMETAL RS
Edição 3 - Comunicação Empresarial Ltda.

 

Galeria de fotos