SIPAT: o que é e qual a sua importância

Entender o que é SIPAT e a sua importância é fundamental para empresas que querem atuar na dinâmica da Indústria 4.0.

A sigla significa Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho. Dessa forma, empresas de diversos portes organizam a SIPAT anualmente, sendo esta uma atribuição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

Além disso, o objetivo de uma SIPAT é contribuir com a saúde das pessoas das organizações.

Prevista em lei, a realização da SIPAT deve acontecer uma vez ao ano, respeitando as diretrizes relacionadas à saúde e à segurança do trabalhador. Além da prevenção a acidentes de trabalho, a SIPAT também possui foco em doenças ocupacionais.

A Legislação da SIPAT está prevista na Portaria nº 3.214, NR-5, item 5.16 “Atribuições da CIPA – letra O: 

“Promover, anualmente, em conjunto com o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho –SIPAT”.

Portaria nº 3.214, NR-5, item 5.16 “Atribuições da CIPA – letra O”.

 

Qual a relação entre CIPA e SIPAT?

A SIPAT trata-se de uma das atividades da CIPA. Além disso, para esta última, existem algumas obrigações a serem cumpridas, tais como:

  1. Identificar os riscos do processo de trabalho;
  2. Elaborar plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho;
  3. Participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação das prioridades de ação nos locais de trabalho;
  4. Divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança e saúde no trabalho.

Leia também: Saiba o que é CIPA e suas características

 

Quando deve ser realizada a SIPAT?

Não há uma definição da época do ano em que a SIPAT deve ser realizada. Portanto, para cumprir a legislação, as empresas apenas precisam prever sua ocorrência.

Assim, uma vez por ano, é preciso que haja a organização de campanhas de conscientização relacionadas à saúde no trabalho.

 

3 principais objetivos da SIPAT

A SIPAT, por ser uma semana direcionada ao trabalhador, visa à conscientização dos funcionários sobre a importância da sua saúde e bem-estar no trabalho.

Embora não haja uma regularização a respeito do número de funcionários mínimo que uma empresa deve ter para que seja obrigada a realizar SIPAT, ela deve ocorrer sempre que houver instalada a CIPA.

Dentre seus principais objetivos, há 3 que se destacam:

 

1. Conscientizar os funcionários:

A conscientização a respeito da saúde do trabalhador passa pela abordagem de temas importantes, tais como:

  1. Drogas, alcoolismo e direção defensiva;
  2. DSTs, AIDS e tabagismo;
  3. Segurança nas práticas diárias
  4. Superação
  5. Meio ambiente
  6. Distúrbios mentais

Na SIPAT, ao tratar desses assuntos, a empresa contribui para que seus funcionários adotem um estilo de vida mais saudável e recebam as informações necessárias para isso.

 

2. Resgatar valores esquecidos:

Uma empresa que se preocupa com a saúde dos seus funcionários entende que o resgate de valores perdidos pela falta de tempo do dia a dia é essencial.

Nesse sentido, a SIPAT é uma excelente oportunidade para recuperar pontos que venham ao encontro dos valores da empresa, contribuindo com práticas de segurança.

 

3. Instigar a participação dos funcionários:

Por ser uma semana organizada por equipes compostas por funcionários das próprias empresas, a SIPAT também atua como um meio de gerar engajamento e motivação nos empregados. 

 

Saiba como fazer uma SIPAT

Realizar uma SIPAT não é tarefa simples. Por isso, em primeiro lugar, é algo que exige comprometimento e organização dos membros da CIPA e dos funcionários.

É importante que a empresa faça suas principais definições com o máximo de antecedência, prevendo:

  1. A equipe responsável; 
  2. O membro da CIPA que será o coordenador da equipe; 
  3. As datas para as reuniões;
  4. As tarefas e seus respectivos responsáveis.

Exigências legais da SIPAT

Como uma obrigação legal para a organização da SIPAT, a CIPA exige que sejam registradas, em ATA, todas as reuniões realizadas.

Nessas atas, é necessário que constem anexos de lista de presenças das palestras e atividades ocorridas, a fim de que se comprove a realização do evento durante a vigência da CIPA.

 

Existem atividades obrigatórias na SIPAT?

A escolha das atividades a serem desenvolvidas na SIPAT é da sua equipe organizadora.

Para tanto, é necessário que haja uma comunicação efetiva entre seus membros e, sobretudo, o conhecimento do seu público.

Na maioria das vezes, as empresas optam por atividades como:

  1. Palestras;
  2. Jogos dinâmicos e colaborativos com os funcionários;
  3. Peças teatrais;
  4. Treinamentos.

Mais do que a seleção das atividades, é preciso entender os objetivos por trás da sua realização. Por isso, o foco da semana de programações está sempre no trabalhador e na sua qualidade de vida no ambiente de trabalho.

Leia também este artigo que fala sobre Qualidade de Vida no Trabalho: O que é e como conquistar definitivamente

Compartilhe nas redes sociais!