Back to top

NOTÍCIAS

Gestão de Carreira e Sucessão em evidência no SINDIMETAL RS

O Workshop sobre Gestão de Carreira e Sucessão foi promovido, no dia 1º de novembro, pela manhã, na sede do SINDIMETAL RS, pelo Comitê Gestão de Pessoas. A atividade, estendida para os demais comitês e grupos da entidade, contou com a participação da gestora de Recursos Humanos da Rexnord, Cláudia Camargo.

Ao saudar os presentes, a coordenadora do Comitê Gestão de Pessoas, Patrícia Misturini, gestora de RH, da empresa Ferramentas Gedore, enfatizou a importância do tema em pauta, salientando que “a trajetória profissional deve ser bem estruturada, ao longo da vida, para sermos protagonistas da nossa carreira”.

Segundo Cláudia, a profissão é algo individual e que não acontecia com as variáveis atuais, pois havia uma trajetória linear. Há 30 anos teve início à carreira em “Y”. Este conceito de carreiras paralelas começou a ser desenvolvido, validado e adotado logo após a segunda grande guerra mundial por grandes empresas americanas. A mesma foi concebida para recompensar os profissionais da área técnica, não gestores, tornando o acesso a ganhos mais altos de forma flexível e inteligente. “Mais recentemente, passamos a ter a carreira em “W”, proposta por Rigaud, que é a junção de dois “Ys”, possibilitando maior versatilidade e flexibilidade nos cargos e no desenvolvimento interno”, enfatiza a gestora.

“Na realidade a carreira é feita de escolhas e, segundo pesquisa, 93% dos profissionais não fazem planejamento”, afirma. “A gestão de uma carreira profissional é o equilíbrio entre os nossos interesses e os da empresa”. O uso de ferramentas apropriadas para apoiar a identificação de potenciais, contribui para que o gestor de RH tenha uma “fotografia do momento”, podendo reconhecer as características, que identificam os candidatos a ocuparem novos postos na estrutura organizacional da empresa. “A soma de diferentes fatores, que vão além da bagagem de conhecimento, são fundamentais para alcançar o melhor diagnóstico e uma indicação mais precisa”, destaca.

Estruturar um plano de carreira e de sucessão na empresa é pensar no futuro individual e coletivo, levando em consideração o crescimento sustentável e o processo de desenvolvimento das pessoas, que atuam nas organizações.

 

Neusa Medeiros
Jornalista - Reg. Profissional nº 5.062
Assessora de Imprensa do SINDIMETAL RS
Edição 3 - Comunicação Empresarial Ltda.